terça-feira, 6 de setembro de 2011

Amor é amor e um Lance é um lance




Saber separar as coisas é fundamental pra manter o coração em seu devido estado de saúde. Tudo é uma questão de feeling e conversa. Como nem todo mundo é sincero o bastante pra chegar e falar “Olha, só te quero pra isso, ok? Não pira de ficar me ligando todo dia” por simplesmente não querer te magoar ou perder essa oportunidade gostosa de ficar com você, então vale prestar atenção nas coisas.



Se você disse uma ou duas frases de carinho e ele(a) não respondeu, parou, se não acaba com o clima. A frequência com que a pessoa te liga é um grande sinal do quanto ela pensa em você, ou até mesmo aquelas mensagens esporádicas. Se nada disso acontece, não pira nem sai gritando no banho, amor é amor e um lance é um lance. Não esqueça.




Como diz uma pessoa acolá, sexo é necessidade básica. Eu particularmente concordo até certo ponto, porque esse tipo de coisa vicia, e quando você vê, sexo com amor se torna uma lenda e seu coração vira pedra, e poota é o melhor adjetivo que se adéqua a você. Afinal nem é todo mundo que consegue separar tanto as coisas. Mas uma hora você aprende. Com a prática, na verdade. Eu mesmo vivo nesse dilema, ser ou não ser poota e manter o sexo e o amor em duas caixinhas devidamente separadas. Mas como eu disse, prática. Aproveita e faz com ex. Aquele(a) que você terminou simplesmente por falta de amor. O sexo vira totalmente carnal. Pelo menos aconteceu comigo, então eu recomendo. Depois da primeira vez, o resto fica fácil. E quando você quer aquendar um boy, tenha em mente “é só sexo... é só sexo”. Te faz bem, mantem a pele limpa, as articulação lubrificadas,  e você fica de bom-humor. Se esse lance evoluir, com os determinados sinais, você começa a avaliar sua disponibilidade de se envolver.

Outra coisa, para de assumir relacionamento com a primeira paixão que te aparece. Paixão de cooh rolo não é amor, as vezes é até carência. Namoro de um mês nem conta no currículo. Então dê tempo ao tempo. Viva cada fase de um envolvimento. Relacionamento é feito de etapas, e atropelar essas etapas significa começar do jeito errado e acaba em rompimento doloroso. Mas esse assunto eu conto depois. As Camadas da Cebola de um Relacionamento (clica gostoso).


Então fica a dica, deixa pra se apaixonar quando o terreno demonstra qualidade, assim você não sai machucado(a). E aproveita, mulherzinha, beijar na boca e transar faz parte da saúde física, então pratique! (com responsabilidade, encapa essa porra!, como dizia meu pai)




Beijo nessa bunda linda.



2 comentários:

Raony disse...

eita que esse post eu já li antes de você escreve-lo. rs

Andre disse...

Eita que eu deveria ter lido esse post antes... ou não!


Mas a dica tá ÓTIMA!


;*

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...