quinta-feira, 7 de abril de 2011

De quem é a Culpa se eu me apeguei Demais?




Quer mesmo saber? Ora mais, quem mais colocou a pessoa no pedestal onde ela está? Quem depositou tanta expectativa a ponto de fantasiar coisas e sentimentos? Quem se deixou levar pelas palavras e atitudes engrandecendo tudo?


Você mesmo.


A pessoa não tem culpa de ser simpática, gentil e amável ao ponto de te fazer confundir as coisas e idealizar toda uma história e simular sentimentos em cima disso. Algumas até realmente fingem ser tudo isso de bom simplesmente pra conquistar você, e quando o peixe está pego, você fica preso na rede e descobre que tudo não passou de ilusão. E de onde partiu essa ilusão? Da sua cabecinha fértil baseada em sentimentalismo e emoções meramente momentâneas. Você não procurou manter os pés no chão, tentar perceber defeitos e colocar tudo lado a lado, porque é disso que somos TODOS feitos, máscaras sorridentes e máscaras tristes, qualidades e defeitos, e você precisa estar preparado para isso.


Sabe onde você vai encontrar o príncipe ou a princesa encantada? Nas suas próprias histórias e fantasias. Não estou dizendo que não existe uma pessoa certa. Existe, sim, uma pessoa CERTA, e não perfeita. Você vai conviver com os defeitos e tentar lidar da melhor maneira, e as qualidades simplesmente vão se encaixar com as suas. Então você vai sim encontrar a pessoa certa pra você. Até lá, tente não depositar tanta expectativa e gastar tanta energia e pensamento em algo irreal, porque uma hora essa nuvem de fumaça vai se desfazer e você vai ficar somente com o que você criou.

Agora veja pelo lado bom. Você viveu um sentimento intensamente. Isso é incrivelmente importante. Sinta-se vivo por isso. E não tenha medo, só mantenha cautela, mas não tenha medo de viver. Confesso que às vezes é ótimo se jogar de cabeça numa emoção e viver intensamente aquilo, mas esteja preparado pra fazer o curativo se algo não der certo. O importante é que no fim, no meio do choro e melancolia, você pare por um instante e.. Sorria. Gargalhe de tudo isso, foi só uma fase e uma pessoa. Como dizia minha mãe (no fim de um dos meus primeiros namoros), esse foi só o primeiro. O importante é você saber o que levar de tudo isso.




3 comentários:

dinne disse...

Owww q lindo amigo! *.* É a mais pura verdade isso

Raony disse...

"Mas tu não deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas"
lembrai-vos da célebre frase

P. disse...

Amei o texto e concordo com cada palavra...
Lindo teu blog, ja estou seguindo.
Bjs!


Se vc se interessar, da uma passada la no meu, nao vai ter textos super bem escritos como os seus, mais é um espaço interessante ao meu ponto de vista...rsrs


http://maviededingueunefille.blogspot.com/

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...