quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

"Apenas uma Flor na Cama"




Por falta da noite



Eu sinto falta de alguém que não sei
Sinto falta de alguém que realmente não está
E nem sei se estará algum dia
Do abraço evolvente e protetor no meio da noite
Do entrelaço de pernas confuso
Do contato mútuo dos corpos
Sinto falta do encontro das mãos apaixonadas
Dos beijos carinhosos e românticos
Sinto falta do cheiro forte e sedutor
Da mistura do suor e do prazer
Do estar junto por toda a noite
Até o sol da o ar de sua graça
E anunciar que a noite terminou
Afinal, ela um dia iria terminar
Pois hoje eu tenho essa certeza
De que aquela noite
Nunca seria eterna.




Nenhum comentário:

linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...